segunda-feira, 27 de outubro de 2008

halloween series II .1


HALLOWEEN, ou seja, a véspera de "Todos os Santos", é uma das festas mais antigas do mundo. E é, ainda hoje, comemorada em vários países.

"El dia de los muertos"
No México, América Latina e Espanha, o Dia de Todas as Almas, que se realiza no dia 2 de Novembro, é comemorado com uma celebração de três dias que começa na tarde do dia 31 de Outubro.
A celebração tem o objectivo de honrar os mortos que regressam às suas casas terrestres na Véspera de Todos os Santos.
Muitas famílias constroem um altar aos mortos em casa, e decoram-no com doces, flores, fotografias, amostras da comida e bebida favorita dos falecidos e, água fresca.
Limpam-se e restauram-se as sepulturas dos familiares falecidos que são enfeitadas com grinaldas de flores ou serpentinas de papel. No dia 2 de Novembro, os parentes reúnem-se junto do túmulo para fazer um picnic e lembrar o falecido. Algumas destas reuniões chegam a incluir tequila e uma banda de mariachi!

5 comentários:

Diabba disse...

A parte da tequilla e do musicól parece-me lindamente, já estou a ver os cemitérios tugas com rancho folclóricos, ali de braços no ar a rodar a saia... ui que festança!

beijo d'enxofre

Nota: às vezes o teu blog dá-lhe uma travadinha (ou vírus, sei lá eu) que não pára de abrir janelas... só me livro da infestação desligando o pc da corrente, pq nem sequer pelos meios normais se deixa desligar... tenta saber o que se passa, uma diabba até tem medo de cá vir!

mik@ disse...

hum... a mim o teu blog abre normalmente sem janelas maradas.

a parte.... e caipirinhas de vodka preto arranja-se? ihihi

Carla Silva e Cunha disse...

ola

gostei...parabens!

Carla

http://www.arte-e-ponto.blogspot.com

Maga disse...

margueritas! e está feita a festa!
essa tua nota diabba, deixou-me a pensar. não fazia ideia. não sabes, por acaso, o que posso fazer? é que eu sou uma infonaba...
socorroooo!!!

mik@ sua maluca! a estragar a tradicional caipirinha que a que eu sou "agarrada"! isso faz-se? ;)

olá carla! até sempre! vou espreitar-te

Safira disse...

Ó nosso guia mexicano levou-nos a um cemitério Maya e contou-nos essa tradiçao. A água deixa-se nos túmulos de quem não tem ninguém que os visite. Os doces, normalmente, no túmulo de crianças.
Gostei muito da forma serena como eles festejam a morte. O guia diz que é uma celebração muito bonita, e nada triste. Deve ser por causa dos Mariachi ;)
Beijinhos