domingo, 21 de dezembro de 2008

boas festas?

Tem estado um frio de rachar.
E a época, no meu caso, não inspira grande euforia.
Eu não tenho paciência para o natal.

Esta é, na minha opinião, a altura mais hipócrita do ano. E eu vou tentando manter-me à margem.
Tudo pacato cá pelo castelo. Sem árvores nem prendas, sem luzinhas nem fritos nem azevinho.
Fazemos dos nossos dias o melhor que podemos, sempre. Todos os dias do ano.
E amamo-nos, refilamos, falamos e brincamos como sempre. E somos felizes assim.
A quem gosta do natal, desejo um natal feliz!
A quem não gosta, uma boa semana!
Seja como fôr, é sempre bom ter um feriado...

sexta-feira, 28 de novembro de 2008

bah

A dona está constipada. O dono só anda de volta dela e a doninha só pensa na festa de aniversário.
E a minha mantinha de tricot inventado ainda não está pronta!
A sorte destes donos é serem mais malucos que eu e andarem a rebolar pelo chão comigo e com os meus brinquedos...
Bah! vou mas é dormir mais um bocado a ver se acordo cedinho e salto para cima deles!
Ficam tão contentes quando lhes mordisco as orelhas às sete da manhã...

terça-feira, 25 de novembro de 2008

sweet sixteen

Os doces 16!!!
Poderia começar por dizer que era uma bebé tão linda, tão pequenina, mas não. Não era. Era linda, sim. Embora agora o seja mais, (foi ficando mais parecida com a mãe) mas de pequenina tinha pouco. Quatro quilos e cinquenta e dois centímetros fizeram dela a maior daquele quarto da maternidade.
Foi uma bebé maravilhosa e saudável, que nunca deu chatices. Excepção ao facto de não dormir, que atenuou a partir dos três meses.
E foi crescendo, tornou-se uma criança doce e simpática, fácil de lidar, que se não fosse a fase de não querer tomar banho, (era berraría para entrar e depois a mesma dose para saír) teria sido perfeita.
Extremamente criativa e comunicativa, inventava histórias do arco da velha e tinha argumentos para tudo. Uma delícia!
E sempre a crescer, tornou-se uma adolescente responsável, (quase sempre, que às vezes distrai-se) grande companheira e amiga.
E eis que chegam os dezasseis!
E eu olho para ela e fico a pensar como raio se passaram estes anos. Tão depressa!
E tenho saudades de a embalar ao colo...

domingo, 23 de novembro de 2008

vejam só

esta coisa mais fofa!


cutchi cutchi cutchi...

domingo, 16 de novembro de 2008

aqui há gato!

Há coisas levadas da breca!
Andava eu a passear pelo blog da Safira quando me deparo com uma operação de charme duns gatinhos lindos à procura de uma nova família que os mimasse.
E um deles era preto!
Como sabem, a minha querida amiga anónima do Oeste fez anos. O que não sabem é que ela adorava ter um gato preto!
E foi assim que tudo começou...
Lá fui ao link comentar, começou uma troca de mails com a dona dos bichanos e, no dia seguinte, toca de ir buscar o gatinho mais lindo-coisa fofa. Todo pretinho, com umas orelhas enormes e um rabinho em forma de raio. O Faícas!
E lá veio esta bruxa para o seu castelo, munida de gato preto para oferecer à sua amiga, que nem em sonhos imaginava o que a esperava!
Acontece que, até a suposta nova dona chegar, o dito gato tratou de pôr o charme todo em acção...
Está-se mesmo a ver, não está? Pois.

Acordámos que somos as duas donas do Faísca, (o nome ficou o mesmo mas no singular) mas a custódia é minha.
E assim há um novo habitante no castelo!


Cheio de mimo! Ronrona que nem um maluco e dá beijinhos e lambe-nos as mãos, mordisca-nos as orelhas e brinca com o nosso cabelo. Farta-se de dormir (durante o dia) e às sete da matina salta-nos para cima a querer brincadeira. E arranha-nos as mãos, trepa-nos pelas pernas acima, enfim! Estamos todos arranhadinhos! E felizes!


E aqui eso motivo de ter andado fora do circuito esta semana:
Passo o tempo de volta do meu menino! Até me agarrei ao tricot, coisa que não fazia há mais de vinte e cinco anos! Já nem me lembrava como é e tive que inventar um bocado... mas já lhe apanhei o jeito e está a correr bem. O meu Faísca lindo vai fic
ar com uma mantinha todo janota!
Obrigada à Sandra, que tratou tão bem destes gatinhos e foi super querida e prestável nesta transição. Podes dormir tranquila que o Faísquinha está feliz da vida.
Só não gosta muito é do flash da máquina! ihihih - que chatos! que luz tão irritante! anda cá que eu já te mostro as minhas garras! - e foi apanhado em flagrante de ataque!
E ainda há uma irmãzinha tigrada à espera de donos, de que é que estão à espera?
Agora vou voltar ao tricot, que com a ajuda do faísca a coisa demora um bocadinho mais que o previsto...
Gatinho mais lindo!

sexta-feira, 14 de novembro de 2008

não acho normal!

Cientistas transformaram tequilha em diamantes
A tequilha é a bebida mexicana mais popular, um verdadeiro tesouro para muitos apreciadores, mas três cientistas conseguiram transformá-la em algo bem mais valioso: diamantes. Um processo de cristalização permitiu criar pequenas pedras sintéticas, embora ainda demasiado pequenas para serem usadas na joalharia.
"Vai ser muito difícil obter algo que dê para fazer um anel, mas estes diamantes minúsculos podem servir para detectar radiações, aplicar em cutelaria ou mesmo substituir o silicone em chips electrónicos no futuro", disse Miguel Apatiga, um dos três cientistas da Universidade Autónoma Nacional do México que inventou os "diamantes de tequilha".
SIC online
A seguir os escoceses vão tranformar o whisky em ouro...
E nós? Tranformamos o vinho do porto em rubis!!!
ihihihihih (alucinação pré-fim de semana)

quinta-feira, 6 de novembro de 2008

ranae in aqua coaxant

Brilhante, não é?
Significa "as rãs coaxam na água".
Pois, agora deu-me para isto.
Iniciação ao Latim!
E dou por mim a escrever estas frases profundas...
Lembram-se do que escreviamos na escola primária?
Coisas do género "o pano limpa o pó" ou "a banana é do João"?
Pois cá estou eu outra vez a aprender a ler e escrever.
É mais ou menos como antes.
E porquê? Porque sim, ora essa! Porque me apetece!
E não é saudável contrariar uma bruxa maluca...

quarta-feira, 5 de novembro de 2008

parabéns à anónima do oeste!

Minha querida amiga,
já vai para dezanove anos que nos aturamos!
E que bom que tem sido! Que seria de mim sem as tuas gargalhadas? O teu ombro? O teu sono???
Vais, mais uma vez, inaugurar a ronda dos aniversários. És sempre tu a primeira!
38 é um número bonito. Estás a ver? Tão lindo, tão redondinho... e a seguir sou eu!
Vamos tornar-nos um belo par de velhas, tu vais ver.
Agarradas à caipira e a curtir que nem umas malucas!
Ah pois, que eu já ando a pensar na reforma só para ter mais tempo livre para estar contigo! ihihihih
Isto assim até soa a romance... pode ser. Um para cada uma, para ler refasteladas nos teus sofás!
Amiga do coração, muitos parabéns!!!
Um abraço bem apertado e uma beijoca rechonchuda nessa bochecha!
O copo dou-to no Sábado. Sem vela ;)

terça-feira, 4 de novembro de 2008

provalemente

a melhor coisinha que eu trouxe de New York!
acreditem, é verdadeiramente bom!

E espreitem o site, vale a pena.

http://www.ilovepeanutbutter.com/

Agora vou voltar a "mergulhar" no frasco...


sábado, 1 de novembro de 2008

halloween series III

O Halloween / véspera de Todos os Santos, sempre foi uma festa cheia de mistério, magia e superstição.
Começou como festival de Inverno celta, durante o qual as pessoas se sentiam especialmente perto dos parentes e amigos falecidos.
A estes espíritos amigáveis, guardavam lugar na mesa, deixavam guloseimas à porta e velas que os ajudariam a encontrar o caminho através do outro mundo.

Hoje os espíritos são representados de formas malévolas e assustadoras, assim como as superstições.
O gato preto que se atravessa no nosso caminho: Uma ideia que surge na idade média, baseada na crença de que as bruxas fugiam à fogueira transformando-se em gatos.
Não passar por baixo de uma escada: Provavelmente deriva dos antigos egípcios, que acreitavam que o triângulo era sagrado. Ou simplesmente o bom senso que dita que pode ser perigoso (?)
Partir um espelho: É uma gaita! Só o frete de apanhar os cacos...
Não pisar sal: É desagradável.

Todo este folclore dos dias de hoje nada tem a ver com as suas origens. E acho natural que assim seja. Há a evolução, não é???
Mas é bom saber de onde se vem, para onde se vai, etc, etc, etc...
E como sou do contra, ou não fosse eu uma bruxa, bom
Samhain!!!

terça-feira, 28 de outubro de 2008

halloween series II .2


"Guy Fawkes day"
Na tarde do dia 5 de Novembro, eram feitas fogueiras ao ar livre por toda a Inglaterra. Seriam queimadas efígies e fogos de artifício.
Embora seja pela mesma altura e tenha algumas tradições semelhantes, esta celebração tem pouco a ver com a Véspera de Todos os Santos ou o festival celta antigo de Samhain. Os ingleses, na maioria, deixaram de celebrar a Véspera de Todos os Santos quando a Reforma Protestante de Martin Luther começou a estender-se. Como os seguidores da nova religião não acreditavam em santos, não havia motivo para celebrar a véspera do Dia de Todos os Santos. Contudo, um novo ritual de Outono surgiu. As festividades de Dia de Guy Fawkes comemoravam a execução de um traidor inglês notório, Guy Fawkes.
No dia 5 de Novembro de 1606, Fawkes foi executado depois de ser condenado pela tentativa explodir o edifício do parlamento de Inglaterra. Fawkes foi membro de um grupo Católico que quis retirar o Rei Protestante James do poder.
O original Dia de Guy Fawkes foi celebrado logo depois da sua execução. As primeiras fogueiras ao ar livre, que foram chamadas "fogos de ossos," foram para queimar efígies e "ossos" simbólicos do papa Católico. Só cerca de dois séculos depois, as efígies do papa foram substituídas pelas de Guy Fawkes.
Além de fazerem efígies para queimar nos fogos, as crianças também andavam nas ruas com uma efígie ou "tipo" e pediam "um pêni para o tipo," embora guardassem o dinheiro para eles. Isto é o mais próximo da prática americana "tricks or treats" que podia ser encontrado em Inglaterra. O Dia de Guy Fawkes foi até celebrado pelos peregrinos no primeiro acordo em Plymouth. Contudo, como a nação jovem começou a desenvolver a sua própria história, Guy Fawkes foi sendo celebrado menos frequentemente e consequentemente desapareceu.

segunda-feira, 27 de outubro de 2008

halloween series II .1


HALLOWEEN, ou seja, a véspera de "Todos os Santos", é uma das festas mais antigas do mundo. E é, ainda hoje, comemorada em vários países.

"El dia de los muertos"
No México, América Latina e Espanha, o Dia de Todas as Almas, que se realiza no dia 2 de Novembro, é comemorado com uma celebração de três dias que começa na tarde do dia 31 de Outubro.
A celebração tem o objectivo de honrar os mortos que regressam às suas casas terrestres na Véspera de Todos os Santos.
Muitas famílias constroem um altar aos mortos em casa, e decoram-no com doces, flores, fotografias, amostras da comida e bebida favorita dos falecidos e, água fresca.
Limpam-se e restauram-se as sepulturas dos familiares falecidos que são enfeitadas com grinaldas de flores ou serpentinas de papel. No dia 2 de Novembro, os parentes reúnem-se junto do túmulo para fazer um picnic e lembrar o falecido. Algumas destas reuniões chegam a incluir tequila e uma banda de mariachi!

domingo, 26 de outubro de 2008

halloween series II

TRADIÇÕES

A tradição americana "tricks or treats" é provavelmente inspirada no desfile do "Dia de Todas as Almas" em Inglaterra. Durante as festividades, os cidadãos pobres pediam comida e as famílias davam-lhes doces a que chamavam "bolos de alma" em troca da promessa de rezarem pelos parentes mortos da família.
A distribuição dos bolos de alma foi estimulada pela igreja como modo de substituir a prática antiga de deixar comida e vinho para os espíritos. Esta prática a que chamavam "going a-souling" foi adoptada pelas crianças, que visitavam as casas na vizinhaça e recebiam comida, bebida e dinheiro.
A tradição de vestir um disfarce fantasmagórico na Véspera de Todos os Santos tem tanto raízes europeias como celtas. Há centenas de anos, o Inverno era um tempo tão incerto como assustador. As provisões alimentares eram muitas vezes escassas e, para a muita gente com medo do escuro, os dias curtos do Inverno eram motivo de preocupação constante. Nesta noite, quando acreditavam que os espíritos voltavam ao mundo terrestre, achavam que sair de casa seria o suficiente para os encontrar. Para evitarem ser reconhecidos por esses espíritos, as pessoas usavam máscaras quando saíam de casa depois do anoitecer para que os espiritos os confundissem com os seus semelhantes. Para manter os espíritos longe das suas casas, colocavam malgas com comida à porta para os apaziguar e evitar que tentassem entrar.

sexta-feira, 24 de outubro de 2008

halloween series I

A ORIGEM

As celebrações na véspera do feriado de Todos os Santos, remontam ao antigo festival celta do Samhain. (pronuncía-se "semeiam-em"?)


Há 2000 anos, os celtas celebravam o Ano Novo no primeiro de Novembro. Este dia marcava o fim do Verão, a colheita e o princípio do Inverno. Escuro, agreste e frio Inverno que, naturalmente, era também associado à morte. Os celtas acreditavam que esta era a noite em que os dois mundos - o dos vivos e o dos mortos - se encontravam mais próximos. Tão próximos que se tocavam! E os mortos podiam então caminhar entre os vivos.
Esta era a noite em que os druídas, inspirados pela abundância de espiritos, faziam as profecías. Sacrificavam animais aos deuses e pediam um Inverno ameno. Vestiam-se de peles e acendiam enormes fogueiras, que com a luz e o calor que emanavam adiavam as provações do Inverno que se instalava.

À volta do ano 43, os romanos tinham conquistado a maioria do território celta. E assustado de morte os poucos druídas que restavam. Durante os cerca de 400 anos em que governaram, introduziram dois festivais romanos que foram "absorvendo" o Samhain: Feralia, quando os romanos celebravam a passagem dos mortos, no fim de Outubro. E Pomona, a deusa romana dos frutos e árvores.

No ano 800, o cristianismo já dominava o território. O papa fez do primeiro de Novembro o dia de Todos os Santos. Dia em que se presta homenagem a santos e mártires.

Sem dúvida, uma tentativa de substituir o festival celta por uma outra celebração semelhante. Mas esta, sancionada pela igreja.

quinta-feira, 23 de outubro de 2008

introdução

A cerca de uma semana do dia das bruxas, eu, bruxa assumida, resolvi fazer uma série de posts dedicados ao tema.
Embora esta celebração seja para mim uma novidade (sim, quando era miúda só via disto nos filmes... e pouco! não havia festarolas como agora) tenho que admitir que me desperta alguma curiosidade.
Assim, vou partilhar as minhas descobertas Halloweenicas convosco.


não percam os próximos episódios!
ihihihihihihih

terça-feira, 21 de outubro de 2008

escrever aos berros

Sabem como é?
Quando se recebe um mail com maiúsculas coloridas e GRANDES!?
Assim, tal e qual: (familiares com o "copy/paste"?)


Hi Bruno,
DHL said that number is not for import accounts. It must begin with 95 or
96. Would you please check that?
Thank you.
Best

___ ___ ___ ___ ___ ___ ___ ___ ___ ___

HI
It's GOOD # ITS FREIGHT
ROAD AND NOT AERIEN?
All # 42000 corresponding to ROAD - AND 95 # AERIEN.
WE WANT TO FREIT ROAD AND OUR ACCOUNT # Our DHL account is EURO+ /420000*** - collect freight / not insured. IS CORRECT .
Thanks

E então? sou eu que sou sensível?
Para quê tanto espectáculo?
F*** you mother f*****! francês do c******
Só por isto vais ficar mais um dia à espera... vou ver se amanhã me apetece dar andamento ao teu caso.

E pronto. É isto.
Na era do email, onde aparentemente as coisas são tratadas de forma mais cordial, inventa-se uma forma de "gritar por escrito".
Eu sei, porque também o faço... quando escrevo - NÃO MEXER!!! - nas caixas. Exactamente como fiz na dos franceses...
Será que mereço?
Mas está tudo bem! Continuo a trabalhar alegremente!
A sério! Sem ironia! ihihihih
Foi uma uma daquelas coizinhas...

segunda-feira, 20 de outubro de 2008

cá vou

partilhando uma das coisas a que acho piada...


garfield - agosto de 1979

quarta-feira, 15 de outubro de 2008

o tempo passa

E como passa depressa...
Estou sentada aqui no sofá a ouvir Coldplay e a olhar para as horas:
- isto não são horas de ligar a ninguém! (23:45)
Há dias que ando nisto. Hoje resolvi que "não vou deixar passar mais um dia!" e ligava à Paula. Está visto que sim, vai passar mais um dia...
Mas porque raio me ponho a pensar nas pessoas a horas impróprias?
(sim, sou uma bruxa muito bem educadinha, habituada a seguir determinadas regras de etiqueta)
Serei só eu? Vou reparando que fico meses sem falar com as pessoas de que gosto e de quem quero saber.
Andarei distraida? A verdade é que o tempo passa... e eu corro atrás dele.
Bolas! Detesto correr!
Não o vou apanhar...

é tipo o barco, de manhã!

domingo, 12 de outubro de 2008

zzzzzzz

mais um!


garfield
julho de 1978

sábado, 11 de outubro de 2008

fim-de-semana

vejam só o que eu descobri!


garfield
julho de 1978

quarta-feira, 8 de outubro de 2008

coisas que ainda não disse

Claro que adorei ir a New York, a cidade que nunca dorme. Claro que sim!E fiquei de facto especada a olhar para tudo, qual burro num palácio.
Os edifícios brutais, os school bus e os yelow cabs, tal como sempre vi no cinema e na tv.
As pessoas, maioritariamente simpáticas e de todos os tamanhos e cores. Muitas delas nem sequer percebem inglês e curiosamente, acabei a falar português num restaurante mexicano para nos entendermos.
Há sempre lojas abertas, daquelas que têm tudo e mais um par de botas. Sempre uma variedade enorme de comida feita (e com bom ar) que podemos levar para casa.
E há esquilos! Imensos esquilos em qualquer espaço verde da cidade.


Strand Bookstore - 18 miles of books! reparem nas janelas... babei, literalmente

Mas o cheiro! Meus caros, NY fede! Há lixo por todo o lado, sacos e sacos de lixo em plena rua. Não percebo porquê, mas na maioria dos bairros não há contentores de lixo. Acho que é por isso que acaba tudo em grandes sacos de plástico ao longo dos passeios.
Ecopontos (ou algo equivalente) há poucos e disfarçados. Têm a mania mas cá para mim de ecologistas têm muito pouco.
E o barulho? Caramba! Uma chinfrineira desatada durante todo o dia e... toda a noite! Não são só as buzinadelas longas e insistentes, as sirenes da policia e os carros de bombeiros. Há sempre aquele "vrrooouuummm" de fundo de milhares de aparelhos de ar condicionado que não param nunca. Eu, mesmo cansada, dormi sempre com tampões nos ouvidos. E até nem sou esquisitinha com o barulho, acreditem!
Outra coisa ridícula é o consumo de álcool. Dou-vos dois exemplos caricatos:
- Numa pizaria não serviam álcool, mas deixaram-me sair para comprar cerveja e depois beber lá a dita enquanto comia a pizza.
- Numa espécie de mercado alimentar com uma sala brutal no primeiro andar com mesas e cadeiras para a malta comer o que comprou em baixo, comprei uma cerveja. Mas não a pude beber lá, era a politica da casa.
Acham normal???
Mas o balaço é altamente positivo! O trabalhinho correu muito bem (e correr é o verbo correcto, neste caso) e foi um sucesso. Decididamente, eu fazia lá falta.


Times Square - estão a perceber o que quero dizer em relação ao lixo? pois é.

segunda-feira, 6 de outubro de 2008

monday, again!


nem preciso de dizer mais nada, pois não?

sábado, 4 de outubro de 2008

8 em 8

E finalmente aqui está:
New York! lá lá lá-lá-lá
São oito minutos do que vi em oito dias.
As fotos estão por ordem cronológica, vão por isso ver a big apple tal como eu a vi.
Senhoras e senhores, meninos e meninas, blogamigos e paraquedistas casuais...
New York!




a qualidade de imagem do YouTube é aquilo que nós sabemos... foi o que se pôde arranjar!

banda sonora: David Bowie (of course!)
"it's hard to be a saint in the city" e "fame"

quarta-feira, 1 de outubro de 2008

awesome!

é mesmo verdade,
eu estive lá!
é uma cidade alu
cinante!

tão típico...

Ando "abrir" que nem uma maluca, tenho trabalho para pôr em dia e claro, a família! Para pôr em dia também... ihihih
Mas tenho coisas giras para partilhar! A seu tempo
Inté!

quarta-feira, 10 de setembro de 2008

sim senhor!

Sócrates elogia autarcas do Oeste por terem construído alternativa à desistência do aeroporto
10.09.2008 - 14h19 Lusa
O primeiro-ministro elogiou hoje a atitude dos autarcas do Oeste e da Lezíria por terem optado por elaborar um plano alternativo ao abandono da Ota como local para o aeroporto de Lisboa, em vez de apenas se queixarem.

“Os autarcas do Oeste e da Lezíria pouparam o país àquilo que é habitual no nosso país: o espectáculo habitual das recriminações, da exposição de frustrações, do espectáculo de azedume... desta vez isso não existiu”, disse José Sócrates.

“Vi vontade de construir uma alternativa e não como noutras ocasiões no nosso país... não vi nem queixume, nem azedume nem recriminações. Foi uma atitude positiva de quem quer arregaçar as mangas e construir uma alternativa para o desenvolvimento”, sublinhou o primeiro-ministro.

publico.pt


OESTE OLÉ!

terça-feira, 9 de setembro de 2008

uma bruxa encharcada

mas ao contrário do que possam pensar, não da chuva...
Foi a única coisa que correu mal, a chuva de sexta à noite. Fez com que cancelassem a ópera que eu estava com tanta vontade de ver. Por outro lado, como o povo começou a chegar às onze e tal da noite, ninguém nos mandou embora e as tascas serviram-nos alegremente até nos cansarmos. Coitados!
Este foi o estado em que cheguei a casa no último dia. Penso que a farda é suficientemente ilustrativa... estão a ver as manchas de café? pois, consta que é cerveja preta...
Aquela mais roxa não é tintol, não... é Avantajado! Um belíssimo licor de Viseu que já faz parte da tradição do Avante!
E é por isto que fico sempre de férias na segunda-feira que se segue ao primeiro fim-de-semana de Setembro.
E ninguém me censura... ihihih

segunda-feira, 8 de setembro de 2008

sem dúvida,


há imagens que valem mil palavras...

quarta-feira, 3 de setembro de 2008

próxima paragem


Depois da folia do próximo fim de semana, começo a dedicar-me à minha próxima viagem:

Nem mais nem menos que
New York!

E próxima está ela, que daqui a duas semanas por esta hora, já lá estou!

Vou em trabalho e fico oito dias. Mas vou ter tempo para passear; o mais certo é que ande que nem uma cabra (ou um unicórnio, aqui deve haver mais que na baixa lisboeta) todo o santo dia, a olhar para cima e a babar...

Vou sentir falta do meu príncipe e da filhota, que ficam por terras lusas a manter o castelo de pé. E as coisas nas paredes, já agora, se não for pedir muito...

terça-feira, 2 de setembro de 2008

a acelerar

Que que a semana é curta e o trabalho é muito!


E a entrar em contagem decrescente...
perdão, em contagens decrescentes

domingo, 31 de agosto de 2008

um autêntico circo!

Será mais ou menos este o aspecto do meu humilde castelo no final desta semana...


É que o Avante! vem aí!
E entre amigos da abóborinha, compinchas da bruxa e comparsas do príncipe, o castelo vai-se enchendo de ilustres convidados.
Mas haverá algo mais apelativo que acabar o verão numa festa de arromba a kilómetro e meio de casa?
Fazer o percurso a pé e de caipirinha na mão? Sim! Que há que hidratar e refrescar as hostes!
Estou ansiosa por assistir à opéra, sentada na relva a fumar e de bejeca na mão! Acho que vai ver uma daquelas experiências raras...
Vou começar a arredar as teias de aranha dos cantos, que enquanto houver chão...

quinta-feira, 28 de agosto de 2008

ritmo

Ainda não consegui entrar no ritmo.
Trabalho não falta, essa agora! Mas dou por mim a arrastar-me, a olhar pela janela e a pensar para onde me vou virar a seguir...
...confesso que o meu nível de produtividade está a atirar pró baixo...
Um luxo a que não me posso dar! Principalmente agora que decidi pedir mais um diazito, uma sexta-feira que me dá muito jeito, enfim, sabem como é! ihihihih
Amanhã vou ser muuiiito produtiva, está decidido!
Vou chegar ao fim do dia a arrastar-me e vou dizer:
- Que rica bruxa eu me saí! A trabalhar desta maneira só preciso de cá vir duas vezes por semana!...
Olha que rica ideia...
in my dreams!

terça-feira, 26 de agosto de 2008

de volta

deixo-vos aqui uma ondinha na "minha" praia
video
e lá se foram as férias...

Cá estou, de volta, pronta para mais um ano de intensa labuta!
Foi muito bom, mesmo quando visitada pela chuva, e apesar dos veementes protestos do príncipe ao nevoeiro e ao vento (e ao barulho da vizinhança...)
O sol, o mar, a caipira, o peixe, o vinho, o "dolce fare niente" valeram a pena!
Ficam as saudades. Acabámos a época balnear em grande.
Para o ano há mais...

domingo, 24 de agosto de 2008

e ainda...

de FÉRIAS!!!

nota: estão mesmo quase a acabar...

sexta-feira, 22 de agosto de 2008

sou uma peste,

não sou?
ihihihihihih mas sou uma peste...
... de FÉRIAS!!!


quarta-feira, 20 de agosto de 2008

e que bem se está

... de FÉRIAS!!!

domingo, 17 de agosto de 2008

pois sim,

Cá continuo de papo para o ar...

de FÉRIAS!!!

sexta-feira, 15 de agosto de 2008

estou de férias!!!

E a esta hora estou a torrar ao sol ou a beber a bela e refrescante caipirinha da praxe.

Mas como sou uma bruxa muito bruxa e quero certificar-me de que se lembram disso, que estou de FÉRIAS, deixo-vos uma série de cartoons do Garfield que nada têm a ver com o tema mas são giros e quem manda sou eu.


Como descobri que posso agendar os posts, irão aparecendo num e noutro dia, de forma a abrigar-vos a vir até este humilde castelo e constatar que...

... estou de FÉRIAS!!!


quarta-feira, 13 de agosto de 2008

fui à faina

Claro que sendo eu uma bruxa de alto teor de gabarito, um feitiço básico seria o suficiente para ter uma mesa farta dos caprichos que me aprouvesse.
Mas sendo eu uma bruxa capricorniana, é óbvio que farei o caminho mais difícil - ou, até mesmo, mais tortuoso - logo, faço-me à faina, e vou apanhar os suculentos bichinhos... nhaaammm
De barbatanas que os padrinhos fizeram o favor de me comprar, espátula oferecida pelos mesmos como gesto de boa vontade (e encorajamento?), fato emprestado e, as velhas sandálias de plástico, fiz-me à faina ontem ao fim da tarde.
Claro que a qualidade do material não se compra à dos mestres, mas fiz uma bela iniciação e cheira-me que quero mais!... coitados...


A verdade é que no castelo só mesmo eu é que como estes bichos, lapas e percebes.
O fantasma residente também gosta... mas daquilo que repenica nem se dá pela falta.

E estou em estágio meus amigos, em estágio para as benditas FÉRIAS!!!!!!!!!!!!!

quarta-feira, 6 de agosto de 2008

vens atrasada!

Desculpa lá amiga, mas a festa já acabou!
Dá-te por feliz... se chegas a meio da party ainda eras aproveitada para sopa!
Ou aqui a bruxa ainda te trazia uns nacos para as poções...
Aqui a amiga do lado foi até ao Oeste ver se apanhava umas sobras. Mas teve que se contentar com uma salamandra, nada mau!
Não fosse a dona da casa importuná-la era capaz de ainda estar por lá a tentar digeri-la.
É sempre uma emoção ter um bichinho destes à porta de casa, não é?
E vivó Oeste!

segunda-feira, 4 de agosto de 2008

vacation flavor

são assim os meus fins de semana agora...
com sabor a férias!
Sim, estou em contagem decrescente desde que voltei de férias... ihihih
Praia! Caipira! Peixe grelhado! E mais não digo...
Não acho nada bem o fim de semana ter só dois dias...
A imagem regista a primeira caipira dupla nos novos copos tamanho familiar. Estava boa, muito boa...
ihihihih

quinta-feira, 31 de julho de 2008

after party

E porque, vá-se lá saber porquê, a vida não é perfeita, depois de um fim de semana em grande, o regresso a casa reservava uma surpresa.
É que no salão deste castelo havia uma prateleira na parede... pois havia... mesmo por cima da televisão...
Agora não há prateleira nem há televisão!
Ao que parece foi caindo em câmara lenta, como que indecisa, deitando objectos ao chão para ver como soavam no silêncio da madrugada.
O fantasma residente ainda tentou salvar alguma coisa, mas etéreo como é, não conseguiu mais que uma boas nódoas negras.
Claro que é bem feito para mim! Quem me manda pôr na prateleira uma foto do príncipe com uns calções do benfica? Claro que o castelo ficou indignado!
Agora sem televisão terei que me entreter com outras coisas... que maçada...
ihihihih

quarta-feira, 30 de julho de 2008

mas como?

como é que eu me esqueci do bagaço???

Eu sei como... pois... festa brava, torneira de imperial sempre a dar-lhe...

e o garrafão ficou para trás, foi o que foi!

Sim! Que a minha best amiga, um ano depois, ainda se lembrava da minha fixação no senhor "x" do sítio "Y" e tratou de providenciar um garrafão de cinco litros de bagacinho do bom!... amigos, eu cá sou uma bruxa de barba rija...

E foi uma belíssima festa! Do best!!! Diverti-me à maluca mesmo!
A foto não precisa de comentários... não é para perceber muito bem mesmo
Quanto à ressaca da festa...
... isso ficará para o próximo post...
Até ja!
sim, eu sou cliente TMN

sexta-feira, 25 de julho de 2008

best amigo

Há amigos assim.
Aqueles amigos mesmo amigos, amigos irmãos.
Bons amigos para farra, bons amigos para a fossa.
Amigos que nos ajudam verdadeiramente quando sabem que precisamos.
Eu tenho um assim!
E o meu best amigo faz 42 anos! Bela idade...
É portanto tempo de festejar, dançar, cantarolar, emborcar, jogar e muitos outros "ar" que não vou descrever agora.
Vamos homenagear este bom amigo, homem corajoso e lutador cujos únicos defeitos são ser benfiquista e não gostar de caipirinha.
Enfim, nem os melhores amigos podem ser perfeitos...
Sábado temos party no Oeste!
soldado medieval equipado com besta

quarta-feira, 23 de julho de 2008

pequeno percalço

E fechar o porta bagagens do carro com a chave lá dentro??? (não fui eu!)
Lindo não é? O príncipe acabou por confessar (mais tarde) que a primeira coisa que lhe passou pela cabeça foi partir o vidro... homens!
A vantagem é levar dois carros para passar férias a vinte quilómetros de casa.
A sorte é ter um genro encartado de fresco e com carro, que nos poupou a caminhada de quatro quilómetros à torreira do sol com o "pack de mines" debaixo do braço até à outra viatura.
E assim, em pouco mais que uma hora, voltámos com a segunda chave, os comprimidos de que me tinha esquecido em casa e, umas lanternas fantásticas da loja do chinês!
ihihihih

domingo, 20 de julho de 2008

fim do primeiro acto

Estou de volta
A primeira fase das férias acabou
snif snif snif

Tão boas que foram!
Muito sol, muita praia, muita caipirinha, muito peixe grelhado, muitas vitórias na cartada!
Muito tudo! Tudo bom!
Ou quase tudo. O nevoeiro... enfim, não foi muito simpático ter-nos visitado dois dias seguidos logo ao principio da tarde, mas enfim... lá fez com que o "caipira time" começasse mais cedo, o que também tem a sua piada.
O meu pinhal está ser ser violentado e, em vez do relaxante passeio a caminho da praia ao som dos pássaros e do mar, fomos brindados com o som das moto-serras e dos caterpilar a cortar e a carregar pinheiros. Bafejados com o seu fumo negro e atordoados com o ruído, mudámos o trajecto, mas sentimos-lhe a falta.
"Roubámos" um dia para nós, par romântico, sem jantar para adolescentes filhos e genros, e ficámos na praia a ver o pôr do sol. Como sou uma querida deixo-vos uma foto ilustrativa do momento.
O pau espetado na areia era o nosso relógio de sol. Sim, quando chegávamos o príncipe punha um pau na areia e assim controlávamos a passagem do tempo. É que era suposto ir buscar o peixe até às sete...
Ao lado está um caroço de pêssego... as moscas estavam especialmente incomodativas nesse final de tarde. E o príncipe, esperto, tratou de as atrair para longe. Não muito longe, mas... e sim, claro que trouxemos o caroço! Nós nem a cinza dos cigarros deitamos na areia!

e já estou com saudades
Espera por nós prainha! Daqui a duas semanas estaremos de volta.
Só pelo o fim de semana, mas estaremos!

terça-feira, 8 de julho de 2008

quase

quase de férias
A partir de Sábado não estamos para ninguém!
É só uma semana, vai saber a pouquíssimo, mas são merecidas.
A praia espera por mim, o pinhal anseia pela minha passagem e o meu pilão, esse não vai ter descanso! Caipirinhas sempre a sair! ihihih
Já comprei quilos de livros, tenho uma tenda nova para estrear, que a velha já se estava a desfazer com muita pena minha (ou talvez não), sacos cama também novos (não, por acaso não condizem com a tenda, só me lembrei disso agora) e vou entrar na fase de tirar o material todo do armário para ver o que é preciso comprar este ano.
É sempre agradável ter a tralha de verão espalhada pela casa. :s
E claro, se já andava a baldar-me ao blog, agora...
Mas não temam! (ou temam, temam muito...)
As férias vão inspirar-me.
Até ao meu regresso!

domingo, 29 de junho de 2008

I'll be back!


Tenho de facto estado ausente, por motivos vários incluindo escassez de tempo e de paciência, falta de inspiração, mas, essencialmente, falta de pachorra para me aturar (sim, a mim) quando estou doente.
Ou adoentada, sei lá! Diferente, a sentir a PDI na pele, é o que é!

PDI - Puta Da Idade

Enquanto vou e venho, deixo-vos uma imagem engraçada. Apanhada há já algum tempo nos cartazes do cinema cá do sítio.
Lindo, na minha modesta opinião...


sábado, 31 de maio de 2008

e vivó voluntariado!

Só mesmo a ADAT - Associação Dos Amigos do TocaRufar - para me fazer estar a bulir domingo às 8 e meia da madrugada!
Pois, esta bruxa não é tão malvada quanto isso e, pelo quarto ano consecutivo é voluntária no festival Portugal a Rufar.
Não estou a queixar-me, nada disso! Este ano a minha participação resume-se ao desfile de 1400 (!) bombos na baía do Seixal, ao contrário dos anos anteriores em que começava logo à sexta-feira nas bilheteiras, recepção dos músicos, confecção e distribuição de lanches e, pau-para-toda-a-obra com muito gosto!

E a isto se vai resumir o meu fim de semana.
Mas vou curtir, sei que vou. Depois da má disposição que se vai impor às oito quando me levantar da cama, o espirito festivaleiro e bombista (de bombo!) virá à tona e lá estarei, toda sorrisos, toda simpatia, a espalhar o charme pelos 43 grupos de percussão participantes.
Bem, na verdade é suposto concentrar-me apenas num deles, aquele de que vou ser anfitriã, mas há sempre mais alguém a precisar de um sorriso, não é?
Um fim de semana cheio de ritmo, é o que vos desejo!

sábado, 24 de maio de 2008

uma pequena homenagem

à melhor invenção depois da roda (e do papel-higiénico húmido)

- a salada de pacote!

Confesso que tentei resistir durante algum tempo, é verdade. Mas reconheço que é uma maravilha não ter que lavar e arranjar os ditos vegetais.

Melhor ainda é ter pacotes com uma variedade razoável daquelas coisas que em separado ninguém comeria (para além da vegan-bruxa, claro). Sim, que eu sei bem o que é olhar para o lado e ver os maravilhosos verdinhos amontoados num canto do prato, à espera que os eu os salve de tão injusto desprezo e os devore avidamente!

Agora é um instantinho enquanto a salada está pronta. Que maravilha!

...não, não recebo comissão...

quinta-feira, 22 de maio de 2008

shiiuuu...

...acabou-se a cachaça
dammit!
passemos às margueritas...

intro

Sabes aqueles dias?

cinzentos sem que saibas porquê
nuvens negras sem razão de ser
revolvem-te a alma e o querer

um vazio dificil de perceber
sem sentido a crescer
e a razão pergunta, questiona
o que está a acontecer?

as putas das hormonas
só pode ser!

puta da idade...